segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

238 Diga-me uma palavra...etc.


-->




238
Diga-me uma palavra...etc.”- Esta história o Mestre contou em Jetavana, sobre um certo proprietário.

Nos foi dito que havia um fazendeiro que vivia em Savatthi. Um dia, seu filho sentando em sua perna, perguntou ao pai a quê é chamada a questão da “Porta” [ n. do tr.: esta questão se refere aos meios de entrar nos Caminhos ]. O pai respondeu, “Esta pergunta requer um Buddha ; ninguém mais a pode responder.” Então ele leva seu filho até Jetavana e saúda o Mestre. “Senhor,” disse ele, “meu filho sentado na minha perna perguntou-me sobre a questão chamada a 'Porta'. Eu não sei a resposta, então aqui estou para te pedir que a dê.” Disse o Mestre, “Esta não é a primeira vez, leigo, que o menino é buscador do caminho para realizar seus fins e faz esta pergunta a sábios ; ele fez o mesmo antes e sábios em dias idos deram a ele a resposta ; mas devido ao obscurecimento causado pelo re-nascer, ele esqueceu a resposta.” E ao pedido dele o Mestre contou um conto de tempos antigos.

____________

Certa vez quando Brahmadatra reinava em Benares ( Varanasi ), o Bodhisatva veio a este mundo como filho de um rico mercador. Ele cresceu e no curso do tempo, o pai morrendo, ele assumiu o lugar do pai como mercador.

E seu filho, um jovem menino, sentado em seu colo, fez a ele uma pergunta. “Pai,” disse ele, “diga-me uma coisa em uma palavra que abarque uma larga amplitude de significados;” e ele repetiu a primeira estrofe:-

Diga-me uma palavra que compreenda todas as coisas:
Pela qual, rapidamente, possamos alcançar nossos fins ?

Seu pai respondeu com a segunda:-

Uma coisa que vale por todas - é a habilidade:
Some virtude e some paciência, e terás
Feito bens a amigos e males a inimigos.

Assim o Bodhisatva respondeu a questão de seu filho. O filho usou o caminho que o pai apontou para realizar seus propósitos e logo logo passou sendo tratado de acordo com seus méritos.

_____________

Quando este discurso estava terminado, o Mestre declarou as Verdades e identificou o Jataka:- na conclusão das Verdades, pai e filho alcançaram o Fruto do Primeiro Caminho:- “Este homem era então o filho e eu era o mercador de Benares.”






Nenhum comentário: